Transmissível é o VIH?

Pessoas que vivem com VIH e em tratamento eficaz não transmitem o vírus

Transmissível

Leandro Buenno e Rodrigo Malafaia

Leandro e Rodrigo vivem uma relação serodiferente, isto é: Rodrigo não tem a infeção e Leandro vive com VIH. Encontraram-se pela primeira vez numa estação de metro, no Brasil e, desde aí, partilham uma vida de amor que os fez decidir viver em Portugal depois da lua de mel no país.

Eu quero casar com esse homem, eu quero casar com alguém que queira fazer a diferença no mundo – Rodrigo Malafaia

O amor entre os dois é feito de muito respeito e a admiração de Rodrigo por Leandro é evidente. Depois de ter participado no The Voice Brasil e ter conquistado espaço mediático, Leandro revelou publicamente que vive com VIH para todo o Brasil. Hoje, tanto Leandro como Rodrigo são influentes nas redes sociais para quebrar o estigma e fazer saber que uma pessoa com VIH e em tratamento não transmite o vírus.

Ambos consideram que a evidência científica i=i mudou as suas vidas. Acreditaram no poder da ciência, venceram os medos e conquistaram a liberdade que antes não dispunham por desconhecimento da evidência Indetetável = Intransmissível. A confiança na ciência fortaleceu ainda mais o amor que sentem um pelo o outro. Juntos, tornaram a visibilidade numa poderosa ferramenta de informação e combate ao estigma junto de milhares de pessoas de todo o mundo.

Transmissível é o amor - Estreia a 23 de maio

©Ana Santos / SouzaFilmes

Paolo Gorgoni e Alaiane Guterres

Conheceram-se no mesmo restaurante, enquanto trabalhavam, e a cumplicidade foi imediata. Desde logo, Paolo e Alaiane abriram os seus mundos e criaram a segurança e o conforto que precisavam para que os Direitos Humanos fossem tema recorrente e o estigma associado à migração fosse um fator de menos peso nas suas vidas.

Eu queria realmente entender um pouco mais do que eu sabia – Alaiane Guterres

Como pessoas migrantes, reconhecem a importância do ativismo nas suas vidas para garantir que os Direitos Humanos sejam um dos princípios basilares da nossa sociedade. Este princípio que orienta as suas vidas fê-los cuidar um do outro para que sejam plenos e livres, resultando na confiança de Paolo para contar que vive com VIH.

É por Alaiane reconhecer a força do estigma do VIH que, também em resposta aos medos de Paolo, quis estar ao seu lado nesta campanha. A instransmissão do vírus quando se está em tratamento é clara há já algum tempo para Paolo e para Alaiane. Sabem que a mensagem i=i tem a capacidade de quebrar medos e estigmas, tanto quanto o medo que quebraram ao mostrarem a sua segurança numa conversa honesta e ternurenta.

Transmissível é a segurança - Estreia a 30 de maio

©Ana Santos / SouzaFilmes

Cristina Calca e João Antunes

Quando eram crianças e vizinhos, Cristina admirava João pelo seu talento nos jogos de futebol e viveram um namoro de adolescência. Perderam o rasto um do outro durante muito tempo e, 30 anos depois, reencontraram-se na Associação Abraço, onde Cristina trabalha e João procurou apoio. O reencontro fez renascer a chama entre os dois e, sem grandes espantos, já a viveram ambos com VIH.

O que nos acontecer será ao lado um do outro – João Antunes

Uma questão de sobrevivência aproximou-os na superação dos obstáculos com que se deparavam nas suas vidas. Esta é uma paixão que se constrói diariamente no amparo e abrigo que são um para o outro. Tanto Cristina como João não imaginam a sua vida sem esse abrigo – e lá estarão, lado a lado, até ao fim.

O Indetetável = Intransmissível não assumiu a importância que teria numa relação serodiferente, mas foi relevante para as suas vidas já que a carga viral indetetável garante a manutenção da sua saúde e uma esperança média de vida semelhante à de uma pessoa sem VIH. Juntos acreditam na ciência e incitam a dar mais passos científicos rumo ao fim do estigma.

Transmissível é a paixão - Estreia a 6 de junho

©Ana Santos / SouzaFilmes

Maria João Brás e Catarina Esteves

Durante uma conferência sobre VIH, Catarina reconheceu a Maria João pela sua participação na campanha Eu Sou VIH+ e Visível. Têm em comum a dedicação pela causa, na prevenção e combate ao estigma do VIH: Maria João como técnica na Associação Positivo e Catarina como enfermeira na consulta de VIH do Hospital de Cascais, um contexto que as faz criar empatia uma pela outra.

É muito importante ouvir a voz (das pessoas que vivem com VIH) – Catarina Esteves

Tanto Maria João como Catarina são mães, mas os desafios da maternidade foram distintos. Em 1995, Maria João recebeu o diagnóstico de VIH quando estava grávida e foi dominada pelo medo de ver o filho nascer com VIH. Tal não aconteceu, mas a experiência da maternidade ficou incompleta por não lhe ter sido permitido amamentar.

Catarina ensinou muita gente a “fazer bebés” de forma a contornar a infeção do VIH. Hoje, a realidade é diferente: a evidência científica Indetetável = Intransmissível veio mudar a paternidade e a maternidade: a carga viral Indetetável permite que o pai ou a mãe que vivem com VIH não transmitam o vírus ao bebé. Na esperança está o avanço de que a amamentação seja também possível para lá da gravidez e do parto.

Transmissível é a empatia - Estreia a 13 de junho

©Ana Santos / SouzaFilmes

Emanuel Caires e Bernardo Silva

Nasceram na Madeira, onde se conheceram e tornaram-se grandes amigos. Num momento em que Emanuel passou por um coming out conturbado com a família, por ser um homem gay, Bernardo foi porto de abrigo para o amigo. Um ano depois, veio o diagnóstico de VIH aos 18 anos e fundaram pilares para serem a família um do outro.

Nós encontrámos casa realmente um no outro – Bernardo Silva

Hoje, Emanuel e Bernardo entendem, na primeira pessoa, os desafios de serem LGBTI+. Como homem trans, Bernardo enfrentou também a rejeição da família e fortaleceram, juntos, o amor que os une. Portanto, não há a causa de cada um, há sim causas comuns. Uma conversa que alarga o conceito de família: não da família com que se nasce, mas a família com que se cresce.

A evidência científica i=i – em que o VIH não é transmitido quando uma pessoa está em tratamento – foi uma viragem na vida de Emanuel. Bernardo acompanha esse processo ao ser voz ativa para alargar o conhecimento sobre a evidência Indetetável = Intransmissível para que o empoderamento da comunidade seja maior que as teias do medo e do silêncio.

Transmissível é a família - Estreia a 20 de junho

©Ana Santos / SouzaFilmes

Partilhar

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar